ANALYSIS OF THE ACUMULUM AND DISPOSAL METHOD OF ASSETS IN PUBLIC ORGANS

Keywords: solid waste, sustainable public procurement, environmental management, multicriteria decision support, AHP

Abstract

This paper discusses the patrimonial assets generation and decommissioning in public agencies, based on the National Solid Waste Program (NSWP) and Federal Law No. 12.305/2010. From the application of questionnaires, the typology, quantities, storage forms, environmental impacts and human health were evaluated, according to the opinion of the patrimonial agents of public agencies on the accumulation and the disposal process the Unserviciable Solid Waste (USWs). It was identified that the awareness of the servers and students, the commitment of the managers, the implementation of a Solid Waste Management Program, public procurement with quality and the simplification of procedures are relevant in the management of USWs. For the definition of the priority items, it was used the AHP method, based on the criteria: physical space, environmental impact and health, easiness of disposal, state of conservation of the good and model of breakdown, arriving at the conclusion that the information technology equipment should be a priority for the decommissioning. The planning of appropriate storage sites, the commitment of agents and managers, the improvement of legal mechanisms and the maintenance performance are priority actions in the management of USWs of the studied institution.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Cleide da Silva Rosa, Universidade Candido Mendes - Campos
Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Candido Mendes - Campos (UCAM-Campos). Bacharel em Administração pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN (2009).Especialista em Contabilidade Gerencial pela Universidade Potiguar - UnP (2010). Servidora pública Federal, lotada no Instituto Federal de Educação , Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN Campus Mossoró/RN, atualmente cedida através de cooperação técnica, como Assistente em Administração, ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense IFF Campus Macaé/RJ, atuando na DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO no setor de Coordenação de Materiais e Patrimônio. Durante o período em que exerceu suas atividades no IFRN - Campus Mossoró atuou na função de Coordenadora de Biblioteca (2007 - 2009) e Coordenadora de Materiais e Patrimônio (2009 - 2014). Tem experiência em diversas áreas administrativas, principalmente nos setores financeiros, onde exerceu diversas funções ao longo de aproximadamente vinte e cinco anos de trabalho.
Elias Rocha Gonçalves Júnior, Universidade Candido Mendes - Campos
Mestrando em Engenharia de Produção, sendo bolsita da CAPES, pela Universidade Candido Mendes - Campos. Pós-graduado em Docência do Ensino Superior pelo Instituto Brasileiro de Ensino (IBE). Graduado em Engenharia Mecânica pela Universidade Candido Mendes. Pesquisador no Grupo de Pesquisa Interinstitucional de Desenvolvimento Municipal/Regional - ITEP/UENF/UNIFLU, da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro em parceria com o Centro Universitário Fluminense - UNIFLU. Atualmente, é Professor Instrutor I na Universidade Candido Mendes - Campos, ministrando as disciplinas Metrologia Automotiva, Motores Ciclo Otto, Manutenção em sistemas de Suspensão e Manutenção em sistemas de Freios. Tem experiência e pesquisas na área de Engenharia Mecânica e Engenharia de Produção. É palestrante, autor de livros e membro da Associação Brasileira de Engenharia e Ciências Mecânicas (ABCM).
Claudio Luiz Melo de Souza, Universidade Candido Mendes - Campos
Possui Doutorado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF, 2001) e Mestrado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ, 1997), onde também se graduou em Ciências Agrícolas (UFRRJ, 1994). Possui pós-graduação Lato Sensu em Engenharia de Produção; Matemática Financeira e Estatística. Foi Diretor do Instituto Superior de Tecnologia de Campos da FAETEC por duas gestões de 2003-2011. Lecionou Estatística Básica e Aplicada para os Cursos de Engenharia de Produção e Mecânica do Instituto Superior de Ensino ISECENSA (2008/2012). Em 20012, foi cedido ao setor de Estatística do Laboratório de Engenharia Agrícola da Universidade Estadual do Norte Fluminense onde leciona ao nível de graduação as disciplinas Estatística Básica e Aplicada e para o Mestrado e Doutorado em Produção Vegetal, Genética e Melhoramento e Ciência Animal a disciplina Estatística Aplicada I. Desde 2012, leciona para os Curso de Engenharia de Produção, Mecânica e Civil na Universidade Candido Mendes de Campos dos Goytacazes, Geometria Descritiva e Inovação Tecnológica e desde 2016, Gestão da Inovação Tecnológica para o Curso de Mestrado em Engenharia de Produção da UCAM-Campos, onde sua linha de pesquisa, dentro da pesquisa operacional, visa a amostragem e análise de previsão e demanda de energia de biomassa oriunda de diversas inovações tecnológicas.
Milton Erthal Junior, Universidade Candido Mendes - Campos
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1995), mestrado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (1999) e doutorado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2004). Atualmente é professor do Instituto Federal Fluminense-campus Guarus, do Centro de Pesquisa da Universidade Candido Mendes-Campos e colaborador da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Tem experiência na área de Pesquisa Operacinal, com ênfase na área de Auxílio multicritério à Decisão e Gestão Ambiental. Experiência em Entomologia, atuando especificamente em: Bioquímica , Ecologia, Comportamento e Controle biológico de insetos, usando formigas cortadeiras como modelo.

References

ABRELPE - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS. Panorama dos resíduos sólidos no Brasil. 2016.

BRAZIL. Decreto-lei nº 99.658, de 30 de outubro de 1990. Regulamenta, no âmbito da Administração Pública Federal, o reaproveitamento, a movimentação, a alienação e outras formas de desfazimento de material. Diário Oficial da União [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 30 out. 2010. Available in: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/antigos/d99658.htm>. Access in: Mar. 07, 2017.

BRAZIL. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. Estabelece normas para licitações e contratos da administração pública e dá outras providências. Diário Oficial da União [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 22 jun. 1983. Available in: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8666cons.htm>. Acess in: Mar. 07, 2017.

BRAZIL. Lei nº 12.305, de 02 de agosto de 2010. Institui A Política Nacional de Resíduos Sólidos. Diário Oficial da União [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 03 ago. 2010. Available in: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/ _ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm>. Acess in: Mar. 07, 2017.

BRAZIL. Decreto nº 7.746, de 5 de junho de 2012. Regulamenta o art. 3º da lei no 8.666, de 21 de junho de 1993, para estabelecer critérios, práticas e diretrizes para a promoção do desenvolvimento nacional sustentável nas contratações realizadas pela Administração Pública Federal, e institui a comissão interministerial de sustentabilidade na administração pública – CISAP. Diário Oficial da União [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 06 jun. 2012. Available in: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/decreto/d7746.htm>. Acess in: Mar. 07, 2017.

BRAZIL. Ministério do Meio Ambiente. Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos: Instrumento de Responsabilidade Socioambiental na Administração Pública. Brasilia: ABP, 2014.

CANIATO, M.; TUDOR, T.; VACCARI, M. Understanding the perceptions, roles and interactions of stakeholder networks managing health-care waste: A case study of the Gaza Strip. Waste Management, v. 35, p.255-264, jan 2015.

CASTRO, M.A.O.; SILVA, N.M.; MARCHAND, G.A.E.L. Desenvolvendo indicadores para a gestão sustentável de resíduos sólidos nos municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão, Amazonas, Brasil. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 20, n. 3, p. 415-426, set 2015.

CHRISTENSEN, D. et al. Partnerships for development: Municipal solid waste management in Kasese, Uganda. Waste Management & Research, v. 32, n. 11, p. 1063-1072, nov 2014.

COSTA, H.G. Auxílio multicritério à decisão: método AHP. Rio de Janeiro: Abepro, 2006.

DEMAJOROVIC, J. et al. Logística reversa: como as empresas comunicam o descarte de baterias e celulares? Revista de Administração de Empresas, v. 52, n. 2, p.165-178, abr 2012.

DEUS, R.M.; BATTISTELLE, R.A.G.; SILVA, G.H.R. Current and future environmental impact of household solid waste management scenarios for a region of Brazil: carbon dioxide and energy analysis. Journal Of Cleaner Production, p. 1-37, jun. 2016.

GARCIA, M. Práticas sustentáveis no cotidiano do governo. Brasilia, DF: Ministério do Meio Ambiente, 2013.

GARNETT, K.; COOPER, T. Effective dialogue: Enhanced public engagement as a legitimizing tool for municipal waste management decision-making. Waste Management, v. 34, n. 12, p.2709-2726, dez 2014

GODOI, C.K.; BALSINI, C.P.V. A pesquisa qualitativa nos estudos organizacionais brasileiros: uma análise bibliométrica. São Paulo: Saraiva, 2010.

HEMPE, C.; NOGUERA, J.O.C. A educação ambiental e os resíduos sólidos urbanos. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental: REGET/UFSM, Paranambi, v. 5, n. 5, p. 682-695, 2012.

LIMA, J.D. et al. Uso de modelos de apoio à decisão para análise de alternativas tecnológicas de tratamento de resíduos sólidos urbanos na Região Sul do Brasil. Engenharia Sanitária Ambiental, Rio Grande do Sul, v. 19, n. 1, p.33-42, mar 2014.

LOHRI, C.R.; CAMENZIND, E.J.; ZURBRÜGG, C. Financial sustainability in municipal solid waste management: costs and revenues in Bahir Dar, Ethiopia. Waste Management, v. 34, n. 2, p.542-552, fev 2014.

MAGERA, M. Os caminhos do lixo: da obsolescência programada à logística reversa. Campinas, SP: Átomo, 2013.

POLAZ, C.N.M.; TEIXEIRA, B.A.N. Indicadores de sustentabilidade para a gestão municipal de resíduos sólidos urbanos: um estudo para São Carlos (SP). Engenharia Sanitária Ambiental, São Carlos, v. 14, n. 3, p. 411-420, set 2009.

REICHERT, G.A.; MENDES, C.A.B. Avaliação do ciclo de vida e apoio à decisão em gerenciamento integrado e sustentável de resíduos sólidos urbanos. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 19, n. 3, p. 301-313, set 2014.

RODRIGUEZ, L.C.; GIACOMELLI SOBRINHO, V. Mercados de poluição: uma abordagem com a utilização de metas de geração de resíduos sólidos urbanos. Conexão academia: a revista científica sobre resíduos sólidos, São Paulo, p. 21-37, ago 2013.

RUSSO, R.F.S.M.; CAMANHO, R. Criteria in AHP: a systematic review of literature. Procedia Computer Science, v. 55, p.1123-1132, 2015.

SAATY, T.L. The Analytic Hierarchy Process. New York: McGraw-Hill, 1980.

SAATY, T.L. Método de análise hierárquica. São Paulo: Makron Books, 1991.

SCHALCH, V. et al. Gestão e gerenciamento de resíduos sólidos. São Carlos, SP: Escola de Engenharia de São Carlos, 2002.

SHAFQAT, A.; NOOR, S.; FATIMA, M. Practices and challenges of municipal solid waste management in Bahawalpur City, Pakistan. Journal of Sustainability Science and Management, Pakistan, p. 90-98, jun 2014.

TORRES, V.; BORGER, F.G. Política nacional de resíduos sólidos e seus desafios para a indústria de eletroeletrônicos: estudo de caso Hewlett Packard Brasil. Elsevier, São Paulo, p. 149-171, dez 2013.

VIEIRA, R.C. Gestão de resíduos sólidos: o que diz a lei. 2. ed. São Paulo: Trevisan, 2013.

VOGELMANN JÚNIOR, J.C. Roteiro prático de ações públicas. Porto Alegre: ESAF, 2014.

WESTMORELAND, A. Aumento da produção de lixo tem custo ambiental. Em Discussão: os principais debates do Senado Federal, v. 5, n. 22, p. 48-58, set 2014.

Published
2018-04-21
How to Cite
Rosa, C. da S., Gonçalves Júnior, E. R., de Souza, C. L. M., & Erthal Junior, M. (2018). ANALYSIS OF THE ACUMULUM AND DISPOSAL METHOD OF ASSETS IN PUBLIC ORGANS. Revista Produção E Desenvolvimento, 4(2), 60-75. https://doi.org/10.32358/rpd.2018.v4.259
Section
Articles