DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DE PROPOSTAS PARA A FORMALIZAÇÃO DE PROCESSOS DE MANUFATURA DE UMA EMPRESA FABRICANTE DE DUTOS INDUSTRIAIS EM NOVA IGUAÇU/RJ

Fernando Oliveira de Araujo, André Lima Germano

Resumo


O presente estudo é realizado em uma empresa de pequeno porte, fabricante de dutos industriais para ar condicionado, situada no município de Nova Iguaçu/RJ. Essa empresa tem experimentado problemas de variabilidade em seus produtos finais, muitos dos quais relacionados com a ausência de padronização e formalização dos seus processos. Nesse sentido, objetivo deste trabalho é o de analisar, propor melhorias, implementar e verificar o resultado das ações orientadas à formalização nos processos de gestão de manufatura e de planejamento e controle da produção (PCP). Em termos metodológicos, com o amparo da literatura técnico-científica relacionada a gestão de processos de negócio, realiza-se uma pesquisa participante, incluindo observação sistemática e conversas informais com colaboradores e gestores, no sentido de evidenciar oportunidades de aprimoramento nos processos. Para a modelagem dos processos, análise e proposição de novos processos, utiliza-se o software Bizagi. Como resultados, após as propostas de novos processos, sua implantação e validação na empresa estudada, o estudo, por meio da mensuração dos indicadores corporativos, evidenciou que a formalização de processos foi relevante prática para o aprimoramento do desempenho operacional na empresa, oferecendo-se como possível inspiração para pequenas empresas de manufatura que experimentem problemas similares.


Palavras-chave


Formalização de processos de negócio; Planejamento e controle da produção (PCP); Produção de dutos industriais

Referências


ALBUQUERQUE, J. P. Flexibilidade e modelagem de processos de negócio: uma relação multidimensional. Rev. adm. empres., São Paulo, v. 52, n. 3, p. 313-329, June 2012.

ABPMP. BPM CBOK V3.0. guide to the business process management common body of knowledge. 2. ed. Brasil: Association of Businees Process Management Professsionals Brasil, 2014.

BRANDÃO, C. R.; BORGES, M. C. A pesquisa participante: um momento da educação popular. São Paulo: Ed. Popular. 2007.

BREMER, C.; F.; LENZA, R. de P. Um modelo de referência para gestão da produção em sistemas de produção assembly to order–ATO e suas múltiplas aplicações. Gestão & Produção, v. 7, n. 3, p. 269-282, 2000.

CORRÊA, H. L.; GIANESI, I.G.N; CAON, M.. Planejamento, programação e controle da produção. São Paulo: Atlas, v. 1, 2001.

CHU, K. F. An organizational culture and the empowerment for change in SMEs in the Hong Kong manufacturing industry. Journal of Materials Processing Technology 139, pp. 505–509, 2003.

DEMO, P. Pesquisa participante: saber pensar e intervir juntos. Brasília: Liber Livro, 2008.

DRUMMOND, P. M. Análises dos resultados comportamentais da implantação de ERP de alta complexidade: uma investigação episódica sob a ótica de gestão de mudanças junto a implementadores e usuários. Dissertação (Mestrado em Sistema de Gestão). Niterói: Universidade Federal Fluminense, 2015.

GONÇALVES, J. E. L. Processo, Que Processo? RAE – Revista de Administração de Empresas. São Paulo, v. 40, n. 4. Out./Dez., 2000.

GUSBERTI, T. D. H., ECHEVESTE, M. E. S.; MOUTINHO SILVA, M.C.; FACCHINI, A. R. Gestão baseada em capacidades para novas empresas de base tecnológica: framework para gestão do processo de conversão de tecnologias. Gestão & Produção, vol.22 no.4 São Carlos Oct./Dec. 2015

JESTON, J.; NELIS, J. Business Process Management: Practical Guidelines to Successful Implementations. 2 ed. Oxford: Elsevier, 2008.

KIPPER, L. M. Gestão por Processos: comparação e análise entre metodologias para implantação da gestão orientada a processos e seus principais conceitos. Tecno-Lógica, vol. 15, n.2, p. 89-99, jul./dez. 2011.

KLUSKA, R. A; LIMA, E.P; GOUVÊA, S. E. Uma proposta de estrutura e utilização do gerenciamento de processos de negócio (BPM). Revista Produção Online, Florianópolis, SC, v.15, n. 3, p. 886-913, jul./set. 2015.

KNOFF, L. C. Mapeamento de publicações científicas sobre estratégia de manufatura: uma abordagem baseada em processos. Revista Produção Online, v. 14, n. 2, p. 403-429, 2014.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos da Metodologia. 6 Ed. São Paulo, Atlas, 2007.

MARTINS, P. G.; LAUGENI, F. P. Administração da produção. São Paulo: Saraiva, 2009.

NEUMANN, C. Gestão de sistemas de produção e operações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

NUNES, D. M; FACCIO, K. Avaliação fatores chave implementação lean office. Produto & Produção, v. 15, n. 4, p. 01-16, 2014.

OLIVEIRA, D. P. R. Sistemas, Organização & Métodos (O&M – Uma Abordagem Gerencial). São Paulo: Atlas, 2002.

PEINADO, J.; GRAEML, A.R. Administração da produção: operações industriais e de serviços. Curitiba: UnicenP, 2007.

PERUSSI FILHO, ESCRIVÃO FILHO. Processo de criação de estratégia em pequenas empresas de base tecnológica: um modelo de fases evolutivas para o setor médico-odontológico. Gestão & Produção, v. 19, n. 1, p. 173-188, 2012.

ROBBINS, S. P. Comportamento Organizacional. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

RODRIGUES, E.; PINHEIRO, M.; A. - Saraiva. Tecnologia da informação e mudanças organizacionais. Revista de Informática Aplicada, v. 1, n. 2, 2015.

SENGE, P., KLEINER, A., ROBERTS, CROSS, R., ROTH, G., SMITH, B. A dança das mudanças: os desafios de manter o crescimento e o sucesso em organizações que aprendem. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; HARLAND, C., HARRISON, A.; JOHNSTON, R. Administração da Produção. São Paulo: Atlas, 2009.

THIEL, E. E. Proposta de modelo de implantação de um projeto de gestão do conhecimento com base em processos organizacionais. 2002. Tese (Mestrado em Engenharia da Produção) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção do Centro Tecnológico da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. 2015.

TUBINO, D. F. Planejamento e controle da produção: teoria e prática. Editora Atlas SA, 2007.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN: 2446-9580