Pact for secondary education and curriculum: reflections from formation books and final report of PNEM Rondônia

  • Mirian de Oliveira Bertotti Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia
  • Robson Fonseca Simões Doutor em Educação. Professor do Departamento de Ciências da Educação, Núcleo de Ciências Humanas da Universidade Federal de Rondônia - UNIR, Campus Porto Velho. Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEE/MEPE/UNIR).
Keywords: PNEM/Rondônia, curriculum, education.

Abstract

The vocation of this article is to discuss the dimensions of the existing secondary school curriculum in the continuing education of the federal government titled "Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio- PNEM" for the teachers of the state school system of Rondonia. This training allowed seeing with new eyes the pedagogical practices of teachers with the subject of the last stage of basic education. Therefore, it takes a qualitative approach, and its methodological approach relies on the analysis of the formation of the notebooks used by course participants and the final report prepared by the educational program coordinator in the state of Rondônia. Even though our research still in development, the theoretical basis and data collection phase, we rely on the multiculturalist theory, as in Freire's pedagogy, which raises the critical reading, questioning and intervention in reality. We understand that curriculum policies are hybrid, polyphonic, produced by discourses that circulate in different educational space- time. We understand that the curriculum as a social instrument is built collectively, with the participation of each subject to enforce the quality of education in secondary school territories.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Mirian de Oliveira Bertotti, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia
Professora de Língua Portuguesa e Literatura brasileira.Mestranda do programa de Mestrado Profissional em Educação Escolar

References

BRASIL. Documento orientador das ações de formação continuada de professores e coordenadores pedagógicos do Ensino Médio em 2014. Brasília, MEC/SEB, 2014. Disponível em: http://pactoensinomedio.mec.gov.br/images/pdf/documento_orientador.pdf>. Último acesso; 19/07/16

BRASIL. MEC. Secretaria de Educação Básica. Formação de professores do ensino médio, etapa I - caderno III: o currículo do ensino médio, seu sujeito e o desafio da formação humana integral. Curitiba: UFPR/Setor de Educação, 2013a.

BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Formação de professores do ensino médio, etapa I - caderno IV: áreas de conhecimento e integração curricular / Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica– Curitiba: UFPR/Setor de Educação, 2013b.

CANDAU, V. M. F. (Org.) Rumo a uma nova Didática. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

DOMINGUES, José Juiz; TOSCHI, Nirza Seabra; OLIVEIRA, João Ferreira de. A reforma do Ensino Médio: A nova formulação curricular e a realidade da escola pública. Educação & Sociedade, ano XXI, nº 70, Abril/00

FRIGOTTO. G. A interdisciplinaridade como necessidade e como problema nas Ciências Sociais. In: JANTSCH, A. P.; BIANCHETTI, L. (Org.). A interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis: Vozes, p.25-49, 1995.

GARCÍA, N. C. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: Edusp, 1998.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1991.

GHEDIN, Evandro. Professor reflexivo: da alienação da técnica à autonomia da crítica. In: PIMENTA, Selam Garrido; GHEDIN, Evandro (orgs). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2005.

HALL, S. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006.

LAVILLE, Christian; DIONNE, Jean. A construção do saber: manual de metodologia de pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre: Artes Médicas; Belo Horizonte: Ed. da UFMG, 1999.

LOPES, A. C. Competências na organização curricular da reforma do Ensino Médio. Boletim Técnico do Senac, Rio de Janeiro, v. 27, n. 3, p. 1-20, 2001.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1999.

MCLAREN, P. Multiculturalismo Crítico. São Paulo: Cortez, 1997.

MOREIRA, A. F. B. Currículo, cultura e formação de professores. Revista Educar, Curitiba, Editora da UFPR, n. 17, p. 39-52, 2001.

MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa; CANDAU, Vera Maria. Indagações sobre o currículo: currículo, conhecimento e cultura. Brasília: Ministério da Educação, 2007, p. 5 – 21

NÓVOA, A. (Org). Os professores e a sua formação. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 1995.

OLIVEIRA, Zélia Maria Freire de.CURRÍCULO: um instrumento educacional, social e cultural. Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 8, n. 24, p. 535-548, maio/ago. 2008

RAMOS, M. N. Educação profissional história e legislação. Curitiba, PR. Instituto Federal do Paraná, 2011.

SACRISTÁN, José Gimeno. O currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SANTOMÉ, J. T. A educação em tempos de neoliberalismo. Porto Alegre: Artmed, 2003.

SILVA, Edna Lúcia da. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. – 4. ed. rev. atual.– Florianópolis: UFSC, 2005. 138p.

STEIMBACH, Allan Andrei. O processo de ensino numa perspectiva histórico-crítica. Disponível em:<http://famper.com.br/download/allan.pdf>. Acesso em: 13/07/2016.

UNIR. Relatório final do PNEM/RO-2014-2015. Porto Velho. UNIR/COORDENADORIA DE CULTURA E EXTENSÃO – CCE. 2015.

Published
2016-08-31
How to Cite
Bertotti, M. de O., & Simões, R. F. (2016). Pact for secondary education and curriculum: reflections from formation books and final report of PNEM Rondônia. Revista Produção E Desenvolvimento, 2(2), 1-10. https://doi.org/10.32358/rpd.2016.v2.164
Section
Projects and Practices in Education