Contabilidade de Custos para formação de preço de venda: um estudo de caso em uma indústria de suspensões pneumáticas de Caxias do Sul-RS

Gisele Carina Pistore, Rosane Foscarini, Deivis Cassiano Philereno, Itacir Alves da Silva, Kadígia Faccin

Resumo


Este estudo procura analisar as contribuições da contabilidade de custos na formação de preço de venda em uma indústria de suspensões pneumáticas. Apresentam-se como principais autores norteadores deste estudo, Crepaldi (2009) e Martins (2003). Esse estudo se caracteriza como uma pesquisa de natureza exploratória, com uma abordagem qualitativa e quantitativa, utilizando o procedimento metodológico de estudo de caso. Ainda, utiliza-se a técnica da entrevista com especialistas da área, com o diretor e um colaborador da empresa. A análise dos dados é com base na pesquisa documental e análise de conteúdo. Apresentam-se ainda cálculos de custo de mão de obra, formação do preço de venda e demonstração da lucratividade, com base nas informações obtidas na empresa, para responder ao problema de pesquisa e propor a proposta de intervenção. Este estudo visa apresentar uma proposta de melhorias na formação de preço de venda, buscando melhorar o desempenho, reduzir os custos, conservar o lucro desenvolvendo novos controles, tendo em vista tornar a empresa estudada mais competitiva. A proposta de intervenção propõe que a empresa crie novos centros de custos, utilize métodos de custeio, critérios de rateio e forme seu preço com base no markup levando em consideração o preço de mercado.

Referências


BAIOCHI, Salete Verginia Fontana, OLIVEIRA, Neuza Corte de, GONÇALVES, Marguit Neumann, FAIA, Valter da Silva. Produzir ou não produzir, eis a questão – um caso de ensino sobre o gerenciamento de custos. Contabilidade Vista & Revista, v. 26, n. 1, 2015.

BEUREN, Ilse Maria. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: Teoria e prática. São Paulo: Altas, 2003.

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Curso Básico de Contabilidade de Custos. 4.ed. São Paulo: Atlas, 2009.

FERREIRA, José Antonio Stark. Contabilidade de custos. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

FIGUEIREDO, Antônio Macena de; SOUZA, Soraia Riva Goudinho. Como elaborar projetos, monografias, dissertações e teses. 3.ed. Rio de janeiro: Lumen Juris, 2010.

GOMES, Aliana Adelina, FRAZZON, Enzo Morosini. Custos logísticos na importação: uma abordagem teórica com aplicação de diferentes métodos de custeio. Produção em Foco, v. 4, n. 2, 2014.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5.ed. São Paulo: Atlas, 2010.

LEONE, George Sebastião Guerra. Curso de Contabilidade de custos. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2000.

MALHOTRA, Naresh K. Pequisa de marketing: uma orientação aplicada. Porto Alegre: Bookman, 2001.

MELLO, Márcio Roberto et al. Sistema de informação para gestão de custos operacionais. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2012.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos. 9.ed. São Paulo: Atlas, 2003.

NAKAGAWA, Masayuki. ABC: custeio baseado em atividades. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2008.

PEREZ JÚNIOR; José Hernandez; OLIVEIRA, Luís Martins; COSTA, Rogério Guedes. Gestão estratégica de custos. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2009.

SCHIER, Carlos Ubiratan da Costa. Gestão de custos. 2.ed. rev. ampl. e atual. Curitiba: Ibpex, 2011.

SOUZA, Marcos Antonio de, WEBER, Elson Luciano, CAMPOS, Rafael Herden. Práticas de gestão de custos logísticos internos: estudo de caso em empresa moveleira do sul do Brasil. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 12, n. 25, 2015.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN: 2446-9580