Práxis Pedagógica Antirracista e Afirmativa com Princípio Norteador dos Currículos da Educação Profissional e Tecnológica

Gustavo Henrique Araújo Forde, Silvani dos Santos Valentim

Resumo


Este artigo visa contribuir com o campo das relações étnico-raciais refletindo sobre a relevância da construção de políticas e programas de superação do racismo na sociedade brasileira, especialmente na área da Educação Profissional e Tecnológica. O posicionamento teórico assumido neste trabalho reivindica processos educativos livres de práticas que promovam opressões de gênero, de raça e de classe. Aponta para a necessidade de uma ampliação epistemológica e pedagógica dos/nos currículos articulados a uma práxis pedagógica multiculturalista e afirmativa, a partir de um referencial teórico-metodológico que favorece aos professores e alunos produzirem outros sentidos acerca do legado negro-africano. Finaliza sugerindo uma interdependência crítica entre ciência e cultura e a importância do resgate dos atores sociais enquanto protagonistas no debate em torno das questões étnico-raciais e afirmativas no Brasil. Sobretudo, no que tange às dificuldades encontradas para a implementação da Lei 10.639/2003 pelas instituições de ensino e pelos professores nos cotidianos escolares.

Palavras-chave


Relações étnico-raciais; Educação Profissional e Tecnológica; Antirracismo; Currículo.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Tecnologia & Cultura - ISSN 1414-8498