Produção de Material Didático para Alunos com Deficiência Visual

Tereza Cristina Nunes de Queiroz Bonadiman

Resumo


O crescimento de 571% dos cursos superiores entre 2003 e 2006 no país – segundo o Censo da Educação Superior de 2006 – leva a um questionamento: E quanto aos alunos com necessidades especiais? É possível incluí-los ou esse é um privilégio dos alunos considerados “normais”? A resposta é: sim, é possível. Diante de um cenário em que a inclusão social é uma preocupação mundial, contemplada como tema de debates e congressos em diversas áreas de estudo, este artigo vem abordar a inclusão de alunos portadores de deficiência nas instituições de Educação, tendo como principal foco estimular a reflexão acerca do comprometimento dos profissionais da Educação com a acessibilidade. Com esse foco, o artigo trata de um projeto-piloto implementado – com sucesso– no Consórcio CEDERJ, tendo como objetivo apresentar uma técnica de produção de material didático que atenda às necessidades de tais alunos. Mediante o resultado desse projeto, espera-se provar que é possível incluir aqueles já tão marginalizados, fazendo desta uma sociedade mais justa e atendendo ao princípio da acessibilidade.

Palavras-chave


Material Didático para Deficientes Visuais; Deficiência Visual; Educação Inclusiva.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Tecnologia & Cultura - ISSN 1414-8498