BIBLIOMETRIC ANALYSIS OF THE ANPROTEC CONFERENCE ANNALS

Leani Lauermann Koch, Claudio Alcides Jacoski, Odilon Luiz Poli, Bruna Furlanetto, Giana de Vargas Mores

Abstract


The paper aims to analyze the characteristics of the publications of the annals of the conferences of the National Association of Entities Promoting Innovative Enterprises (Anprotec). We analyzed 201 papers published in the annals of Anprotec from 2013 to 2016, considering the intellectual distribution of researchers and other actors involved, their productivity and links with institutions, including the development of positive points and improvement of results. It was registered the presence of 147 institutions, 516 authors, and 24 thematic ones in the production and publication of the papers that constituted the sample searched. This study revealed the presence of different institutions, private and public organizations, characterizing the dissemination of the thematic in the productive spheres, academia, and government. Publications spread in geographic regions in Brazil, with a higher concentration in the Southeast, South, followed by the Northeast and Central-West. The most discussed themes were: entrepreneurship, incubators, innovation, innovation habitats, technological and multidisciplinary parks. In the years 2015 and 2016, the presence of emerging themes was registered, involving planning and management. Regarding the research findings, the emphasis is on the importance of innovation habitats to promote the entrepreneurial development of different regions.

Keywords


triple helix; technological parks; incubators; innovation; multidisciplinary

Full Text:

PDF HTML

References


ANPROTEC – Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores. Disponível em: . Acesso em: 02 maio 2018.

ANPROTEC. Estudo de impacto econômico: segmento de incubadoras de empresas do Brasil. Brasília: Anprotec/Sebrae, 2016.

BORGATTI, S. P.; EVERETT, M. G.; FREEMAN, L. C. Ucinet for Windows: software for social network analysis. Harvard: Analytic Technologies, 2002.

BRASIL. Livro verde. Brasília: Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, 2001.

BRASIL. Livro azul da 4ª Conferência Nacional de Ciência e Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Sustentável. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2010.

BRASIL. Lei n. 10.973, de 2 de dezembro de 2004. Dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo e dá outras providências. Brasília, 2004.

BRASIL. Estudo de projetos de alta complexidade: indicadores de parques tecnológicos. Brasília: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação/UnB, 2014.

CALZOLAIO, A. E. Política fiscal de incentivo à inovação no Brasil: análise do desempenho inovativo das empresas que usufruíram benefícios da Lei nº 11.196/05 (Lei do Bem). 2011. 219 f. Dissertação (Mestrado em Economia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

COSTA, E. da S. et al . Análise das relações e ações conjuntas entre as empresas do APL têxtil da região metropolitana de São Paulo: contribuições para o seu crescimento. Interações, v. 19, n. 2, p. 401-415, 2018.

DUDZIAK, E. A. Leis de inovação e pesquisa acadêmica: o caso PEA. 2007. 374 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

ETZKOWITZ, H.; LEYDESDORFF, L. The dynamics of innovation: from national systems and model 2 to a triple helix of university-industry-government relations. Research Policy, n. 29, p. 109-123, 2000.

MACHADO, F. M.; RUPPENTHAL, J. E. Estudos dos pontos de conflito da lei de inovação. International Journal of Knowledge Engineering, v. 3, n. 6, p. 230-245, 2014.

NISHI, J. M.; LÖBLER, M. L. Explorando os condicionantes da formação de redes sociais: estudo comparativo entre organização pública e privada. Pretexto, v. 18, p. 58-82, 2017.

SANTA CATARINA. RECEPETI. [s.d.]. Disponível em: . Acesso em: 06 maio 2017.

STAL, E. O efeito de políticas públicas sobre a atratividade dos países emergentes para a realização de atividades de inovação tecnológica por empresas multinacionais. Revista Eletrônica de Negócios Internacionais, v. 3, n. 2, p. 217-234, 2008.

TEIXEIRA, C. S.; HOLTHAUSEN, F. Z.; MORÉ, R. P. O. As leis municipais de inovação: um estudo de Santa Catarina. In: CONFERÊNCIA ANPROTEC DE EMPREENDEDORISMO E AMBIENTES DE INOVAÇÃO, 25., 2015, Cuiabá. Anais... Cuiabá: Anprotec, 2015.

YOSHIDA, N. D. Bibliometric analysis: a study applied to technological. Future Studies Research Journal: Trends and Strategies, v. 2, n. 1, p. 33-51, 2010.




DOI: https://doi.org/10.32358/rpd.2019.v5.375

Refbacks





Copyright (c) 2019 Revista Produção e Desenvolvimento

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

eISSN: 2446-9580